Treinamento de Pais de Crianças Com Queixas de Comportamento

A interação entre pais e filhos apresenta um papel importante no desenvolvimento do comportamento infantil, de forma que existem uma relação entre comportamentos disfuncionais dos pais e transtornos psiquiátricos. Nesse sentindo, o presente projeto enfatiza a importância de se usar os pais como coterapeutas na prevenção e tratamento de crianças com transtornos externalizantes do comportamento. A técnica tem como objetivo psicoeducar os pais acerca de praticas parentais que tem como objetivo diminuir os comportamentos disfuncionais e aumentar os comportamentos pro sociais da criança.

O foco do presente projeto se deve ao fato da alta prevalência de queixas comportamentais nas clinicas escola de psicologia e a identificação de que esses problemas, em grande parte, são fruto de uma dificuldade dos pais de lidarem de maneira adequada com as características de seus próprios filhos. O objetivo é capacitar os pais em praticas parentais mais positivas e investigar o grau de eficácia de um modelo de treinamento em grupo, associado a investigação de variáveis de impacto no resultado final do treinamento (desempenho cognitivo da criança e presença de psicopatologia nos pais).

O método utilizado consiste num modelo de treinamento em 10 etapas, associado a uma avaliação psicológica da criança e o preenchimento de uma serie de escalas e questionários comportamentais no inicio do treinamento. Os resultados esperados estão relacionados a melhora comportamental no contexto domestico e escolar, melhoria da qualidade de vida da criança e dos pais e identificação de fatores intervenientes relacionados ao treinamento, com vistas a melhora-lo e otimiza-lo.

ORIENTADOR (A): GUSTAVO DE VAL BARRETO