Desafios da Gestão Universitária Contemporânea

Presenteísmo e seus impactos no desenvolvimento discente

Presenteísmo se refere a um dado comportamento em que o indivíduo que está de “corpo presente”, mas que não está reconhecidamente, focado em sua atividade, em um dado intervalo de tempo funcional. Por se tratar de um assunto ainda pouco explorado na academia, o presenteísmo tem despertado interesse de vários setores e seguimentos, sendo um desafio particular das instituições de ensino superior, sobretudo após o advento dos smartphones e redes sociais. Após pesquisa de Paulo, Costa e Andrade (2017), realizada no escopo da iniciação científica do Centro Universitário Una, foi criado um instrumento para verificação e mensuração do presenteísmo em sala de aula, validado no principal congresso internacional da área (FASE I desta pesquisa).

Em sua FASE II, o objetivo é aplicar o referido instrumento nas principais modalidades do ensino superior presencial, de forma a gerar um relatório técnico capaz de demonstrar o que torna um aluno presenteísta, auxiliando as instituições de ensino no combate deste problema que assola a comunidade acadêmica. Para tanto, o presente trabalho visa responder o seguinte problema de pesquisa: Quais os principais aspectos que geram presenteísmo na comunidade discente nas modalidades de graduação, pós-graduação lato-sensu e pós-graduação strico-sensu? Objetivo Geral: Identificar os principais aspectos que levam um aluno a estar em estado presenteísta e a melhor forma de combatê-los.

ORIENTADOR (A): Danilo de Melo Costa