Una-se contra a LGBTfobia

Criado em 2011 e coordenado pelo professor Roberto Reis, o Una-se contra a LGBTfobia, projeto de extensão do Centro Universitário Una, tem como objetivo promover uma cultura de respeito aos direitos humanos e à diversidade sexual e de gênero no ambiente universitário, com foco em uma formação cidadã. O projeto desenvolve ações de sensibilização e conscientização por meio de campanhas, palestras, oficinas, mostras de filmes, exposições fotográficas e organização de eventos acadêmicos como o ciclo de debates “Mulheres Comunicam”, o “Colóquio Transexualidades e Direitos”  e o “Mês da Diversidade Una”.

A equipe do projeto realiza coberturas audiovisuais de ações ligadas aos direitos LGBT, como as Paradas do Orgulho LGBT de Belo Horizonte e Contagem. Referência em Minas Gerais, o Una-se estabelece diálogos com diferentes atores sociais, dentro (professores, estudantes e colaboradores) e fora do Centro Universitário Una (ongs, coletivos, universidades e órgãos governamentais). O projeto conta com uma coleção de mais de 90 livros sobre direitos humanos e LGBT na biblioteca do campus Liberdade e uma página no Facebook. Em 2015, participou da organização do livro “Mulheres Comunicam: mediações, sociedade e feminismos” (editora Letramento).

Em abril de 2015, foi aprovada no Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão do Centro Universitário Una, a resolução apresentada pelo Una-se contra a LGBTfobia em parceria com o curso de Direito da Una que garante o respeito ao uso do nome social para estudantes travestis e transexuais da instituição em todos os documentos internos. Outra importante iniciativa para a população trans de Belo Horizonte foi a implementação do TransForma-Esajuna, cujo objetivo é a retificação judicial do nome civil de pessoas trans, parceria com o Escritório de Assistência Jurídica da Una. As duas ações foram agraciadas em 2015 e em 2016 com o Prêmio de Direitos Humanos e Cidadania LGBT, do Cellos-MG, ONG responsável pela organização da Parada do Orgulho LGBT de BH.

Atualmente, o projeto integra a Comissão Estadual de Políticas de Enfretamento às Fobias relativas à orientação sexual e à identidade de gênero – CEPEF, espaço interinstitucional estruturado pelo governo do Estado de Minas Gerais cuja coordenação é de responsabilidade da Secretaria de Estado de Segurança Pública. É o único representante de uma instituição de ensino superior privado. O Una-se ministra palestras e oficinas para escolas de ensino fundamental, médio e superior e também para empresas públicas e privadas sobre diversidade, sexualidade e gênero.